6 Livros brasileiros para ler já [BEDA #23]

Olá, meu bom leitor.

Estamos na batalha e o BEDA está sendo um baita desafio para nós do Ponto Para Ler, então hoje vamos de postagem coletiva do #NomeProvisório e vamos listar os livros brasileiros que mais gostamos, serão três livros indicados por mim e três indicados pela Ana.

Paulo

Não tem como começar com outro livro do que esse do Machado de Assis – que é o que eu mais gosto do autor – que simplesmente é o retrato da nossa realidade e de toda nossa hipocrisia brasileira.

Esse conto de Aluísio de Azevedo foi o grande responsável por eu ter começado a escrever contos, na verdade esse conto é considerada a primeira ficção nacional dentro do universo de contos. Leia esse conto e depois leia o meu primeiro conto Despertar e me diga se você capitou as referências.

Eu sempre senti que a nossa literatura precisava de um romance que mostrasse um lado da política que não estamos habituados a ver, o do político bom e correto. Patrícia Baikal nos brinda com um romance de tirar o chapéu que acontece envolta de intrigas, conspirações e organizações secretas em plena capital federal.

Ana

Esse livro eu li ano passado e foi o meu primeiro contato com Nelson Rodrigues, foi o livro mais louco que li na vida. Ele tem reviravoltas, você não sabe para que direção vão os personagens até que tudo aconteça e as vezes é uma coisa meio nauseante. Fiquei apaixonada e já quero ler outros livros dele, até onde sei esse é o único romance dele, os outros são peças, crônicas e contos, mas considerando a experiência que tive com O Casamento, estou pronta para ir adiante!

Esse também foi um primeiro contato maravilhoso, nunca tinha lido nada do Jorge Amado e esse livro me surpreendeu por todo o carinho que ele tem com os personagens e a forma conduz a narrativa despretensiosamente  como se fosse vários pedaços soltos de retalho até te surpreender com a colcha completa quando você menos espera. Não vejo a hora de ler outros como Dona Flor e Tieta.

Esse é um dos meus livros preferidos de toda a vida. Já está até na hora de fazer uma releitura, porque eu acho que o humor sarcástico do Machado é sensacional. A forma dúbia como ele trabalha o relacionamento do Bentinho e da Capitu é de cair o queixo. Amo e recomendo sempre que posso, esse ano dei de presente para uma amiga que já foi contaminada pelo dilema de Capitu. E eu fiquei toda orgulhosa, óbvio! Ainda estou em dívida, não li Helena e nem Memorial de Aires, mas estão no meu projeto literário de vida, podem esperar.

**

Esse é o penúltimo post da blogagem coletiva! Espero que estejam gostando. Agora deem uma olhada nos posts dos outros blogs que estão participando dessa empreitada junto com a gente:

Thami – Eu li ou vou ler

Jeni – 8 livros brasileiros para ler

Luke – Especial Nacional

Até a próxima!

Você irá gostar de ler também:

3 Comentários

  1. Oii casal ponto!
    Amei a lista de vocês!
    Machado de Assis é ótimo! Faz muitos anos que li e senti uma vontade imensa de reler algo dele.
    Capitães de Areia está na minha lista a algum tempo, mas ainda não tive oportunidade de ler :/
    Beijão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *